Bem-vinda mulher cíclica! Welcome Cyclic Woman!


Previous Next

Mandala e Calendário Lunar • Moon Mandala and Calendar

•ENGLISH BELOW•


Peraí, que que é essa história toda de ciclicidade? Por acaso eu sou igual a natureza onde tudo é cíclico? Estações, lua, alimentos, etc?


Sim! Vamos juntas entender melhor o que significa SER cíclica.


Como você se relaciona com a sua natureza?


Você se percebe cíclico (a)?


Percebe que existem dias do mês em que você se sente mais comunicativo, cheio de energia, com vontade de sair e se doar e tem outros dias que tudo o que você mais quer é ficar embaixo das cobertas sem falar com ninguém?


Como você lida com a sua ciclicidade? Você age a favor ou contra ela?


Quando você está exausto sem a menor vontade de sair e aquele velho amigo seu te liga pra marcar um jantar, você:

Decide ir sem a menor vontade porque sente que está em falta com aquele seu amigo afinal a vida tem sido uma correria e você deveria se dedicar as suas relações?

Ou você, conscientemente, decide dizer que está respeitando sua vontade e escutando os sinais de cansaço do seu corpo e mente mas que em breve vocês terão a oportunidade de se encontrar?


Perceba como você vive a sua ciclicidade. Perceba se você se permite honrar o seu próprio tempo com a consciência de que ao fluir com a sua energia você, na verdade, começa a criar mais tempo para si e não limitá-lo como pode parecer a príncipio.


Perceba também quais crenças fazem com que você não se permita ser cíclico.

Talvez você se sinta menos dedicado ou esforçado que aquele seu colega de trabalho que está sempre tentando impressionar e que consegue executar todas as suas funções todos os dias de uma forma brilhante. Talvez você se sinta culpado por não se sentir linear, afinal a maioria das pessoas é mais estável que você. Talvez você tenha vergonha da confusão que vira e mexe acontece na sua mente e não quer se mostrar vulnerável, afinal na maioria do tempo você é uma pessoa bem resolvida. Talvez você acredite que não tem tempo para dedicar para si e para escutar os sinais do seu corpo, mente e espírito porque tempo é dinheiro e você precisa se movimentar.

Independente da razão pela qual você resiste em se perceber cíclico, te convido agora a tirar suas máscaras e começar a se observar a partir de dentro, sem julgamentos.


Limpe as crenças de uma sociedade patriarcal que arraigou na sua psique a necessidade de ser linear, limpe suas próprias crenças de inferioridade, culpa, necessidade de ser compreendido e quaisquer outras que te façam acreditar que você deve ser sempre o mesmo a toda hora.


Como seria sua vida se em vez de nadar contra a maré você aprendesse a navegar calmamente sobre suas próprias águas?


Como seria realmente compreender que a solução de todos os seus problemas se encontra dentro e não fora de você?


E se você descobrisse que a natureza e toda a sabedoria dos seus ciclos podem te guiar em um caminho profundo de reconexão e alinhamento?


Assim como sabemos que quanto mais altas e fortes são as árvores, mais profundas são suas raízes, deveríamos nos atentar `a importância de fortalecer nossas próprias raízes para poder crescer e dar frutos. Saberes ancestrais nos ensinam que ao se testemunhar, ao se observar, se conhecer e se reconhecer como a própria manifestação da mãe Terra, nos reconectamos com o nosso poder sagrado e nos tornamos capazes de nos sustentar sobre nossas próprias pernas.


Ao nos sentirmos firmes e com uma fundação sólida passamos a encarar nossas emoções a partir de um ponto de vista consciente e consequentemente a forma como nos relacionamos conosco e com tudo o que existe se transforma. As águas das nossas emoções se tornam mais cristalinas e o fogo tímido do nosso poder materializador começa a ganhar força até se tornar tão grande que fica impossível escondê-lo.


Você está preparado(a) para deixar de ser semente e se transformar em uma árvore linda, forte e cheia de frutos?


Quando reivindicamos nosso poder sagrado, passamos a co-criar nossa realidade e não mais reagir a situações externas. Isso acontece de uma forma natural, clara e gradativa, uma vez que ao afinarmos nossa escuta interna, o ruído exterior começa a se distanciar pouco a pouco até que desaparece por completo.


Uma forma simples e extremamente poderosa de reconexão com a natureza é através da mandala lunar. A Mandala lunar é uma ferramenta poderosa de auto-conhecimento que nos possibilita compreender nossos padrões e energias para que possamos viver nossa vida de uma forma fluida a partir de uma fundação sólida. A mandala fará com que você compreenda sua natureza cíclica, seu padrões, hábitos, memórias e emoções para que você seja capaz de se curar, se reciclar, se transformar e viver uma vida em sintonia com os seus ciclos através da observação das fases da lua.

Muitas pessoas pensam que a mandala lunar é uma ferramenta de auto-conhecimento apenas para mulheres que menstruam uma vez que a mandala lunar também está associada ao ciclo menstrual. Porém, é importante compreender que homens, mulheres na menopausa, gestantes e mulheres que não menstruam por alguma razão podem se beneficiar das informações contidas em suas próprias mandalas e ciclos assim como as mulheres que menstruam. Nesses casos, as observações de padrões serão baseadas unicamente nas fases da lua.


Para as mulheres que menstruam, a mandala lunar também serve como uma ferramenta de auto-conhecimento e reconexão com a natureza porém os padrões serão reparados a partir de uma equação entre a lua que esta no céu e seu ciclo menstrual.


Por mais simples que isso possa parecer, a mulher que menstrua e mapeia o seu ciclo menstrual reivindica seu poder sagrado e sua natureza feminina autêntica que foram jogados `a sombra pelo patriarcado por muito tempo. Essa mulher passa a se relacionar com o seu feminino, com a sua TPM, com os seus ciclos e com o seu sangue a partir de uma nova perspectiva, de uma nova consciência para com o seu corpo e consequentemente para com o todo. Os benefícios da mandala lunar não podem ser explicados e variam de mulher para mulher, uma vez que eles são experienciados através da reconexão íntima e pessoal da mulher com o seu próprio sangue.


Você está pronto(a) para experienciar seu verdadeiro potencial?


Faça gratuitamente o download da Mandala da Lua e do Calendário Lunar aqui para mapear seus ciclos. Relembre como viver em harmonia com a sua natureza autêntica que assim como a lua, é cíclica!


Se você quiser se aprofundar nesses saberes ancestrais vem conhecer a Jornada online Resgate da Consciência Feminina!

___________________________________________________________________


Wait, what's this whole cyclicuty story? Am I like nature where everything is cyclic? Seasons, moon, food, etc?


Yes! Lets together better understand what it means to be cyclical.


How do you relate to your nature?


Do you see yourself cyclical?


Do you realize that there are days in the month when you feel more communicative, full of energy, wanting to go out and be there for someone and there are other days that all you want is to stay in bed without talking to anyone?


How do you deal with your cyclicity? Do you act in favor or against it?


When you’re exhausted without the slightest desire to leave your house and that old friend of yours calls you to have dinner, you:

Decide to go without wanting to because you feel that you own that to your friend because, after all, life has been busy and you should dedicate yourself to your relationships?

Or, do you consciously decide to say that you are respecting your will and listening to the signs of tiredness of your body and mind but that you will soon have the opportunity to meet?


Notice how you experience your cyclicity. Realize if you allow yourself to honor your own time with the awareness that by flowing with your energy you actually begin to create more time for yourself rather than limiting it as it may seem at first.


Notice also which beliefs make you not allow yourself to be cyclical.


You may feel less dedicated or hardworking than your co-worker who is always trying to impress and who can perform all his or her duties every day in a brilliant way. You may feel guilty for not feeling linear, since most people are more stable than you. Maybe you are ashamed of the strange mess that is going on in your mind and you do not want to appear vulnerable, after all, most of the time you are a stable person. Maybe you believe that you do not have time to dedicate to yourself and to listen to the signals of your body, mind and spirit because time is money and you have to move.


Regardless of the reason you resist perceiving yourself as a cyclical being, I now invite you to take off your masks and start observing yourself from within, without judgments. Cleanse the beliefs of a patriarchal society that has rooted in your psyche the need to be linear, clear your own beliefs of inferiority, guilt, need to be understood and any others that make you believe that you must always be the same at all times.


How would your life be if instead of swimming against the tide you learned to sail calmly over your own waters ?


What would happen if you truly understood that  the solution to all your problems lies within and not outside of you?


What if you discovered that nature and all the wisdom of its cycles can guide you on a deep path of reconnection and alignment?


Because we know the higher and stronger the trees are, the deeper their roots are, we should consider the importance of strengthening our own roots in order to grow and bear fruit. Ancestral wisdom teaches us that by witnessing, observing, knowing and recognizing ourselves as the very manifestation of Mother Earth, we reconnect with our sacred power and become capable of grounding ourselves.


When we feel steady, with a solid foundation, we begin to face our emotions from a conscious point of view and consequently the way we relate to ourselves and with everything that exists transforms. The waters of our emotions become more crystalline and the timid fire of our materializing power begins to gain strength until it becomes so great that it is impossible to hide it.


Are you prepared to stop being a seed and become a beautiful, strong, fruitful tree?


When we claim our sacred power, we begin to co-create our reality and no longer react to external situations. This happens in a natural, clear and gradual way, since as we tune into our internal listening, the outside noise begins to move away little by little until it disappears completely.


A simple and extremely powerful way of reconnecting with nature is through the moon mandala. The Moon Mandala is a powerful tool of self-knowledge that enables us to understand our patterns and energies so that we can live our life in a more fluid way from a solid foundation. The mandala will make you understand your cyclical nature, your patterns, habits, memories and emotions so that you are able to heal, recycle, transform and live a life in tune with your cycles by observing the phases of the moon .


Many people think that the moon mandala is a self-knowledge tool only for menstruating women since the mandala is also associated with the menstrual cycle. But it is important to understand that men, women in menopause, pregnant women, and women who do not menstruate for some reason can benefit from the information in their own mandalas and cycles as well as women who menstruate. In such cases, pattern observations will be based solely on the phases of the moon.

For menstruating women, the moon mandala also serves as a tool for self-knowledge and reconnection with nature, but the patterns will be repaired from an equation between the moon in the sky and their own menstrual cycle.


As simple as it may seem, the woman who menstruates and charts her menstrual cycle claims her sacred power and authentic feminine nature that has been cast in the shadow by patriarchy for a long time. This woman comes to relate to her feminine, to her PMS, to her cycles and to her blood from a new perspective, from a new consciousness towards her body and consequently towards the whole. The benefits of the moon mandala can not be explained and vary from woman to woman as they are experienced through the woman’s intimate and personal reconnection with her own blood.

Are you ready to experience your true potential?


Download the Moon Mandala  and the Moon Calendar for free here to map your cycles. Remind yourself how to live in harmony with your authentic nature that, just like the moon, is cyclical!



If you want to delve into this ancient knowledge come to know more about the Online Journey Reclaim your Feminine Consciousness!




6 visualizações